27/04/2017 10:00

Nem tudo tem que ser pra sempre: Renata Laguardia na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura

NEM TUDO TEM QUE SER PRA SEMPRE”: RENATA LAGUARDIA NA PICCOLA GALLERIA DA CASA FIAT DE CULTURA

A pintora apresenta uma série de retratos coletivos e explora questões
da pós-modernidade

A artista mineira Renata Laguardia é a próxima a apresentar suas obras na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura. A exposição “Nem tudo tem que ser pra sempre” reúne um conjunto de sete telas e dois vídeos, por meio dos quais a artista explora o gênero de retratos de grupo e discute como as identidades dos sujeitos são construídas na pós-modernidade. A mostra, com entrada gratuita, fica aberta à visitação de 27 de abril a 28 de maio e é a última exposição de artistas contemplados na 1ª edição do programa de seleção da Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura.

Na mostra, Renata Laguardia apresenta uma seleção de dois vídeos e sete telas. As pinturas são óleos, acrílicas e guaches sobre telas que recriam as tradicionais fotos de turmas escolares, uma paisagem marítima e alguns retratos de férias e momentos em família. “É geralmente durante as férias no litoral que a maioria das famílias fazem seus retratos coletivos. É em frente ao mar que muitas pessoas escolhem se postar, sozinhas ou acompanhadas, para marcar aquele momento, aquela viagem especial. Mas essas imagens estão permeadas por relações problemáticas, tensões, identidades sociais, hierarquias”, ressalta Renata.

A exposição “Nem tudo tem que ser pra sempre: Renata Laguardia na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura” é uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, da Casa Fiat de Cultura, com o apoio do Grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), Banco Fidis, Fiat Finanças, CNH Industrial, New Holland, Banco Safra, Circuito Liberdade, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), Governo de Minas e Governo Federal.

Renata Laguardia

Renata Laguardia é mineira de Belo Horizonte e tem 26 anos. Graduou-se em Artes Visuais com Habilitação em Pintura e Desenho pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e é mestranda em Fotografia pela Escola Europeia Superior de Imagem, na França, com pesquisa sobre o retrato de grupo na pós-modernidade.

Atualmente, as obras de Renata integram o portfólio da galeria Celma Albuquerque, o que permite dizer que ela é uma aposta das artes visuais. A artista foi selecionada para o Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia (Belém), e já realizou as exposições Douze façons remarquables d'utiliser une brique (Centre d'art contemporain Les Bains Douches- Chauvigny França), O que não é vasto é raso (Memorial Minas Gerais Vale) e Dois Espaços (BDMG Cultural).

Ateliê Aberto de Pintura e visitas mediadas

O Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura realiza, durante os fins de semana do mês de maio, o Ateliê Aberto de Pintura, explorando desta vez a própria linguagem da pintura. O s participantes serão estimulados a criar trabalhos autorais, experimentando o processo de produção nessa técnica, tendo como inspiração as obras da artista Renata Laguardia.

O Ateliê Aberto de Pintura vai oportunizar o contato e a produção autoral em pintura, por meio das tintas guache, para crianças, e acrílica, para adultos. As atividades serão com experimentações livres de suportes. Haverá pintura sobre papéis de tipos diferentes, sobre tela, uso de formatos não convencionais, temáticas livres, abstratas e figurativas. A proposta é promover o máximo de experimentação de suportes e dimensões de pinturas, e mostrar como novos formatos e recursos podem ampliar os limites criativos de quem pinta.

As atividades do ateliê acontecerão sempre aos sábados e domingos: dias 6 e 7, 13 e 14, 20 e 21, e 27 e 28 de maio. No período da manhã, das 10h às 12h, aberto à participação de crianças até 12 anos, e, no período da tarde, das 14h às 18h, aos maiores de 12 anos. Todas as atividades contarão com a orientação de um mediador, que auxiliará os participantes durante toda a permanência no ateliê. Os interessados deverão usar roupas confortáveis e adequadas ao manuseio de tintas, colas e outros materiais. As crianças menores de 10 anos deverão ser acompanhadas por um adulto responsável. Não é necessário inscrição prévia e a participação é gratuita.

Além das atividades do Ateliê Aberto, durante o período da exposição, o Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura vai oferecer, para públicos agendados e espontâneos, visitas mediadas e acessíveis a todas as pessoas, sejam elas deficientes ou não. Durante as visitas, as educadoras vão sensibilizar os visitantes sobre como as ações do cotidiano ajudam a compor a identidade dos indivíduos na contemporaneidade e como esse fenômeno se manifesta nos retratos coletivos feitos hoje.

 

Serviço:

Exposição

De 27 de abril a 28 de maio de 2017

Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Entrada gratuita

 

Ateliê Aberto de Pintura

Dias: 6 e 7, 13 e 14, 20 e 21, e 27 e 28 de maio.

Das 10h às 12h para crianças até 12 anos

Das 14h às 18h para maiores de 12 anos

Vagas limitadas a 20 pessoas por horário, não é necessária a inscrição

Entrada Gratuita

 

Casa Fiat de Cultura

Circuito Liberdade

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 21h – Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

 

Informações

(31) 3289-8900

www.casafiatdecultura.com.br

casafiat@casafiat.com.br

facebook.com.br/casafiatdecultura

Instagram:@casafiatdecultura

Twitter: @casafiat

www.circuitoculturalliberdade.com.br

 

Informações para a Imprensa

Personal Press

Polliane Eliziário - polliane.eliziario@personalpress.jor.br - (31) 99788-3029

Informações Adicionais

Local:

Casa Fiat de Cultura

Telefone

(31) 3289-8900

Endereço

Praça da Liberdade, 10, Funcionários

Horário

10h00

Data

De 27/04 até 28/05

Preço:

Entrada gratuita