29/09/2016

Circuito das Letras traz mais de 130 autores para o Circuito Liberdade

Circuito das Letras traz mais de 130 autores para o Circuito Liberdade

Durante cinco dias, cerca de 80 eventos literários vão ocupar nossos espaços culturais e museus

De 5 a 9 de outubro, o Governo do Estado realiza uma grande celebração da literatura. É o Circuito das Letras, que vai reunir mais de 130 convidados em aproximadamente 80 atividades, dentre mesas-redondas, painéis, oficinas, contações de histórias, ações educativas de estímulo à leitura, grupos de trabalho, shows, feiras, picnic literário, saraus poéticos. Toda a programação é gratuita. O Circuito das Letras faz parte das comemorações dos 45 anos do iepha-MG.


Realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Superintendência de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, do Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA-MG) e BDMG Cultural, o Circuito das Letras integra as ações do Governo do Estado de incentivo à leitura em Minas Gerais.  A iniciativa é coordenada pelo Circuito Liberdade, que está sob a gestão do IEPHA-MG, e sua concepção contou com a colaboração dos 14 espaços que integram o projeto e faz parte das ações do Circuito que buscam uma maior articulação com o espaço urbano e com os diversos coletivos artísticos e populares do Estado.

A programação pretende subsidiar a elaboração do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do estado de Minas Gerais. Propõe a democratização do acesso ao livro, a valorização institucional da leitura e o incremento de seu valor simbólico, a formação de mediadores para o incentivo à leitura e o desenvolvimento da economia criativa do livro como estímulo à produção intelectual e ao desenvolvimento da economia regional e nacional.

Para o curador do evento e superintendente de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário, Lucas Guimaraens, “o Circuito das Letras é a certeza de continuação de um debate e de encontros em Minas Gerais para fomentar o universo do livro, leitura, literatura e bibliotecas, tanto em seu papel de instrumentalização dos cidadãos como em sua função de desenvolver a cadeia produtiva e criativa do livro”.

Escritores, editores, ilustradores, roteiristas, bibliotecários e artistas que trabalham com a palavra como suporte ou inspiração debatem o papel da literatura também em outras expressões artísticas e culturais. Para abrir o encontro e falar sobre  as tranversalidades da liguagem escrita e sua oralidade, o Circuito das Letras recebe o cantor e compositor Criolo (SP).  “A curadoria propõe uma discussão com as diferentes linguagens artísticas que perpassam pela literatura, com a participação de escritores, poetas, roteiristas, diretores de teatro, músicos, entre outros artistas e agentes culturais”, contextualiza o curador.

Durante cinco dias, o Circuito das Letras recebe nomes que vão abordar a linguagem escrita e suas performances, como Humberto Werneck (SP), Gregório Duvivier (RJ)*, Bruno Cany (França), Ricardo Aleixo (MG), Rejane Dias dos Santos (MG),  Schneider Carpeggiani (PE), Jacques Fux (MG),  Anelito de Oliveira (MG), Renato Negrão (MG), Angela Lago (MG), Maria Esther Maciel (MG), Maria Mazzarello Rodrigues (MG), Ana Elisa Ribeiro (MG) e o cantor e compositor Flávio Renegado (MG), dentre outros.

 

*Para a mesa sobre “A criação literária contemporânea: amor, humor e o In-correto do politicamente”, com Arnaldo Branco (RJ), Gregório Duvivier (RJ) e Jacques Fux (MG), mediada por Rosana Mont’Alverne (MG), será necessária a retirada de ingressos no local do evento, BDMG Cultural, com 1 hora de antecedência. Sujeito a lotação do espaço.



PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Faça um Comentário:

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *